fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
Energia solar: e se o Brasil fosse movido só por ela?

Blog

29 de maio de 2018

E se o Brasil fosse todo movido a energia solar?

energia solar

Jorge Ben Jor já cantou um dia: “moro num país tropical”, depois disso de Gal Costa a Ivete Sangalo a frase ecoou pelos rádios brasileiros. Entretanto, o país tropical de Jorge Ben vem sofrendo há anos com a poluição e o uso demasiado de seus recursos naturais. Mas, o que isso tem a ver com energia solar?

Pesquisadores buscam soluções para voltarmos a cantar com prazer o refrão do músico, e é entre elas que encontramos a energia solar. Em 2012 tudo isso se tornou uma realidade. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou a resolução 482, em que a agência autoriza que todo cidadão possa gerar sua própria eletricidade recebendo descontos na conta de luz.

Mesmo assim, o incentivo vindo do governo para a produção das placas solares fotovoltaicas com menores custos ainda é pequeno. Porém, isso não impediu que o uso delas crescesse nos últimos anos, principalmente porque os consumidores descobriram o custo benefício do investimento em sistemas de energia solar.

Dentro desse contexto, surge uma pergunta interessante: e se o Brasil fosse todo movido a energia solar? Para responder essa pergunta, neste post vamos traçar uma linha do tempo de como seria o Brasil movido a energia solar, levantando as vantagens do uso dela para a natureza e para o bolso do consumidor. Confira!

Qual a possibilidade de ter um país movido a energia solar?

O sol está por toda parte e gera energia dez mil vezes superior ao que é consumido no mundo todo! Contudo, parte disso não chega até a Terra, mesmo assim ainda temos cerca de cinco mil vezes o consumo. Para captar tudo isso ou pelo menos o suficiente precisaríamos de áreas gigantescas com placas. Será?

Nessa perspectiva, a melhor opção está no uso dos telhados das casas e áreas inutilizadas, além de estacionamentos e grandes construções como indústrias, por exemplo. Ainda assim, ficamos dependentes das matrizes energéticas das hidrelétricas, tornando a energia solar uma alternativa à elas. Contudo, a tendência é a de que essa história mude!

Uma mudança radical se faz cada vez mais necessária, isso porque o investimento em hidrelétricas tende a ser menor a cada ano — os prejuízos causados ao meio ambiente e as populações ribeirinhas estão entre as principais alegações da impossibilidade da construção de novas hidrelétricas.

Além disso, os períodos de seca também causam transtornos ao consumidor final. Já que o aumento na conta de luz está ligado ao baixo nível de água causado pela seca, algo que poderia ser evitado se as pessoas fossem incentivadas a investir em placas solares, por exemplo.

Quando a energia solar vai acabar?

Que as energias renováveis vão mudar o mundo você já sabe, mas será que podemos contar com essa fonte de energia para sempre? Já imaginou o Brasil todo sendo totalmente abastecido por energias renováveis como a energia solar?

Somos um potencial em sol, isso pelo fato de sermos um país tropical. Por isso, a energia solar se torna uma base forte em relação às outras opções de energia renovável. Enfim, é algo que não acaba, e mesmo em dias chuvosos e nublados já é possível o uso de tecnologias de armazenamento como as baterias de lítio, por exemplo.

Como o Brasil pode se tornar potência em energia solar?

A energia advinda do sol não é pouca. De acordo com a EPE (Empresa de Pesquisa Energética), se as residências brasileiras tivessem sistemas fotovoltaicos, o país produziria energia suficiente para abastecer o consumo atual até duas vezes.

Além disso, novos postos de trabalho são possíveis com essa fonte de energia e a economia com eletricidade chegaria ao patamar de R$95 bilhões anualmente. Para isso se tornar realidade, incentivos do governo são essenciais. Assim, teríamos como aumentar o uso da energia solar e, consequentemente, desenvolver o setor industrial de placas solares.

Algumas medidas que o governo poderia pensar estão ligadas às linhas de créditos que possibilitem a aquisição do sistema por todos. Além disso, os tributos são grandes responsáveis pelo preço do sistema fotovoltaico e devem ser menores que os aplicados atualmente.

A conscientização da importância dessa fonte de energia elétrica e a possibilidade de gerar a própria energia, economizando no próprio bolso e ajudando a salvar o meio ambiente, também são fatores essenciais para mudar o cenário brasileiro de energia.

Qual é o desafio de agora para frente?

No Brasil, o histórico das usinas hidrelétricas vem mudando ao longo dos anos. Já tivemos tempos em que a energia sobrava em algumas regiões, mas em outras épocas faltava. Com a evolução tecnológica, carros elétricos foram criados e estão sendo aprimorados para receberem energia das placas solares, algo que parecia apenas coisa de filme.

Toda fonte de energia renovável é bem-vinda, mas, de fato, a energia solar se destaca em tempos de escassez das fontes fósseis. As pesquisas não param e o crescimento da energia solar torna a possibilidade de voltarmos a cantar com alegria sobre nosso país tropical.

Não perca mais tempo e descubra como você pode economizar na sua conta de luz investindo em um sistema de energia solar fotovoltaica. Conheça nosso simulador!

Medidor de energia