fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
Conheça 3 instituições que oferecem cursos de energia solar fotovoltaica - Terra & Sol Energias Sustentáveis

Blog

2 de março de 2018

Conheça 3 instituições que oferecem cursos de energia solar fotovoltaica

International Energy Agency (IEA), Agência Internacional de Energia, divulgou recentemente uma pesquisa que mostra que a energia solar  é a fonte energética que mais cresce no mundo. Diante deste cenário, a busca por profissionais qualificados na área só tende a aumentar. Para aqueles que tem interesse em trabalhar na área, este seria o momento de  investir em cursos de energia solar fotovoltaica.

Pensando em te ajudar a achar o curso em energia solar fotovoltaica certo, listamos neste post 3 excelentes instituições brasileiras que oferecem opções na área. Vamos conferir?

Os cursos de energia solar fotovoltaica no Brasil

No Brasil, o setor de energia solar fotovoltaica vem registrando um desenvolvimento exponencial de mais de 300%. Em 2014, haviam apenas 396 sistemas homologados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Em 2017, o país chegou a ultrapassar o número de dez mil unidades de microgeração. Todo esse desenvolvimento, resultou entrada do Brasil no Clube Gigawatt.

Esse tipo de especialização é mais voltado para engenheiros, administradores, vendedores, estudantes e entusiastas que desejam se especializar em energia solar fotovoltaica.  

Basicamente, os cursos de energia solar têm como objetivo explorar as opções em sistemas fotovoltaico desde o planejamento, a instalação prática até ferramentas de vendas em energia solar.  

Mas onde é possível fazer esses cursos?

Apesar de existiram  diversos cursos, muitos deles são de baixa qualidade, buscam promover a marca da empresa, sem comprometimento com o aprendizado do aluno.

Para se tornar especialista em energia solar fotovoltaica, procure instituições que aprofundem seus estudos. Neste post, selecionamos 3 cursos da área. Confira!

1. Fatec

A geração de energia solar fotovoltaica também está em crescimento no estado de São Paulo. Diante deste cenário, a demanda de profissionais especializados na área se faz necessária, pois o mercado de energia solar está criando novas perspectivas de carreira.

Pensando na geração de emprego e oportunidades, a Fatec Campinas criou em 2017 o curso superior tecnológico de Gestão de Energia e Eficiência Energética. A graduação é inédita no país e foi desenvolvida em parceria com a Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo.

O objetivo do curso é trazer conhecimento no setor de sistemas energéticos com compreensão em funcionamento na área de energia e metodologias de análise de cenários. O profissional que concluir o tecnólogo estará apto para resolver questões econômicas, gerir processos e tomar decisões sobre utilização de energia em instituições.

A turma inaugural do curso começa no primeiro semestre de 2018. A Fatec atualmente está disponibilizando 40 vagas, no período noturno. O curso tem duração de três anos.

2. Unifemm

Atento a este mercado de grande potencial, o Unifemm Business School (UBS) lançou no início de 2017 um curso de Pós-Graduação em Negócios de Geração Fotovoltaica. O curso é voltado para arquitetos, economistas, administradores, empresários e engenheiros (eletricista, civil, de produção e ambiental).

O intuito é permitir que os alunos tenham acesso imediato ao mercado de energia solar fotovoltaica. A proposta é contribuir para à mudança da matriz energética para novas maneiras de produzir energia. A pós-graduação tem um  formato de parceira com o crescente mercado de energia solar fotovoltaica.

3. Unicamp

A Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) é referência no setor de energia solar fotovoltaica no Brasil. A instituição oferece cursos de curta duração, com apostila e atividades experimentais com monitores. Além disso, os alunos recebem exemplos de projetos, planilhas de dimensionamento, coleção de catálogos técnicos e uma lista de dicas de fornecedores de equipamentos, produtos e serviços na área de sistemas fotovoltaicos.

As aulas são organizados pelo professor de Engenharia Elétrica e autor do livro “Energia Solar Fotovoltaica – Conceitos e Aplicações, Dr. Marcelo Gradella Villalva. A UNICAMP disponibiliza 3 tipos de cursos. Confira!

Curso básico

O curso de Introdução à Energia Solar Fotovoltaica – Sistemas Isolados e Conectados à Rede é destinado aos interessados em conhecer os conceitos de energia solar fotovoltaica. A carga horário total é de 16 horas,  sendo 12 horas de teoria e 4 horas de prática.

Nas aulas diversos conteúdos são abordados, como formas de calcular a energia produzida pelas placas solares e sistemas fotovoltaicos; componentes e dimensionamentos das categorias on-grid e off-grid e análise de mapas e bancos de dados solamétricos. Além de experiências práticas com módulos solares, inversores fotovoltaicos e controladores de cargas.

Curso instalador

O intuito curso prático de Instalação e Integração de Sistemas Fotovoltaicos Conectados à Rede Elétrica é proporcionar aos alunos um contato prático e profissional em sistemas on-grid (grid-tie), que dependem da distribuidora de energia, pois são conectadas à rede.

Inicialmente o curso de energia solar aborda o projeto e a configuração da categoria on-grid. São 4 horas de teoria e depois os alunos começam a parte prática de uma instalação fotovoltaica, desde a montagem das placas no telhado a construção da parte elétrica. Ao final do curso o aluno já está apto para instalar um sistema fotovoltaico.

Curso Avançado

O Projeto e Dimensionamento de Usinas Solares e Sistemas Fotovoltaicos – com PVSyst, tem a duração total de 16 horas com teoria e parte prática de exercícios de projeto com o software PVSyst.

O curso avançado é voltado para engenheiros, técnicos e demais profissionais com conhecimento na área de eletricidade. Recomenda-se que os alunos tenham capacidade de leitura em espanhol ou inglês para usar o software.

Agora que você já conhece cursos de energia solar, não deixe de investir nesse mercado. Gostou do nosso post? Quer ficar por dentro de tudo que acontece no setor de energia solar fotovoltaica? Siga-nos no Facebook e Instagram.