fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
6 vantagens da energia solar no agronegócio - Terra & Sol Energias Sustentáveis

Blog

22 de dezembro de 2017

6 vantagens da energia solar no agronegócio

Diante da crise energética e de uma sociedade movida pelo consumo, estamos em uma encruzilhada. Pois, a produção não pode parar e o meio ambiente não pode mais ser destruído. É preciso encontrar alternativas sustentáveis para sanar estes dois problemas, por isso o investimento em energia solar no agronegócio é vantajoso.

O Brasil possui um grande potencial para geração de energia elétrica através da luz solar. É autoridade quando o assunto é agricultura, ou seja, são duas áreas que estão em constante crescimento no país. Neste post, vamos apresentar 6 motivos para investir em energia solar no agronegócio. Acompanhe!

1. Economia na conta de luz

Já parou para pensar o quanto você paga nas contas de luz por ano? Seja sua produção animal ou agrícola, o custo para manter uma fazenda é muito alto. Quanto mais dívidas você conseguir reduzir, melhor será para seu negócio.

Mas, o sistema solar fotovoltaico não é caro? O valor pode até ser considerado alto, entretanto se pensarmos no custo-benefício ao longo dos anos, o projeto é muito vantajoso. O dinheiro investido retorna para você em aproximadamente sete anos, porém com aumento na conta de luz, seu dinheiro pode ser “devolvido” até antes. A média é vai de 5 a 10 anos.

Além disso, os módulos fotovoltaicos, tem vida útil de até 30 anos. Ou seja, você tem cerca de 23 anos para aproveitar até 95% de desconto nas contas de energia elétrica.

2. Mercado promissor

Apesar de ser uma tecnologia ainda pouco explorado no Brasil, o setor de energia solar fotovoltaica tem apresentado um crescimento expressivo. Por isso, que nos últimos anos o preço da instalação do sistema teve uma redução de 80%. O valor do sistema fotovoltaico pode variar de R$ 20.000 para residências a cerca de R$ 100.000 para grandes propriedades.

A expectativa é positiva. Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), em 2018, o Brasil deve se classificar entre os 20 países que mais investem em energia solar no mundo. Acredita-se que até 2050, a luz solar seja responsável por 13% da geração de energia elétrica. Ou seja, as pessoas vão conseguir gerar sua própria energia, por meio do efeito fotovoltaico.

3. Energia sustentável

No caso do agronegócio, a chave para reduzir a poluição é substituir o uso de combustíveis fósseis (gás natural, petróleo e carvão mineral) por fontes limpas e renováveis que não causam impactos ao meio ambiente, por exemplo, a energia solar fotovoltaica.

Mas, a energia solar é eficiente? Como citamos anteriormente o Brasil tem potencial para gerar energia solar, já que possui um excelente nível irradiação em seu território. Além disso, o sistema solar fotovoltaico off-grid possui bateria para armazenamento de energia e a categoria on-grid converte em créditos o excedente de energia elétrica produzida, ou seja, mesmo durante a noite ou em dias chuvosos o sistema vai funcionar.

4. Instalação e garantia

O sistema solar fotovoltaico consegue ser instalado com rapidez, seja em telhados ou espaços no terreno. Os gastos ligados a manutenção são baixos e podem ser feitos por qualquer pessoa, como limpeza duas vezes ao ano.

O tempo de garantia dos módulos fotovoltaicos podem chegar até 25 anos   o que faz com do sistema seguro e rentável. Tudo isso, deixa seu investimento mais atrativo e econômico.  

5. Disponibilidade de rede elétrica em todas as áreas

Esta é outra grande vantagem da energia solar  no agronegócio. Com este sistema você consegue ampliar sua disponibilidade de energia pela propriedade e, assim, gerar melhores condições tecnológicas e modernas.

Com o sistema fotovoltaico, você consegue obter a chamada agricultura de precisão, que consiste na prática agrícola com base na tecnologia de informação com base na variabilidade do clima e solo. Com a energia elétrica espalhada pela propriedade você poderá ter acesso a torres de telecomunicação, rádios e GPS — monitorando as áreas de trabalho em tempo real. Este sistema vai aumentar a produtividade da sua lavoura e/ou rebanho.

Além dessas vantagens, você vai proporcionar aos funcionários mais praticidade e foco no trabalho, pois eles não vão precisar se deslocar até o local para verificar o que está acontecendo, podem monitorar a distância.

6. Linhas de crédito

O setor privado e o governo, através dos bancos públicos, tem apoiado essa fonte de energia limpa através de linhas de financiamento que oferecem taxas especiais e prazos de pagamento adequados a cada realidade do investidor. Conheça dois programas de financiamento: um do governo e outro particular.

Pronaf

Voltado para pequenos agricultores, o financiamento governamental “Mais Alimentos”, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A linha de empréstimo pode chegar até o valor de R$ 165 mil. A taxa anual fica entre 2,5% a 5,5%. No programa o agricultor tem a opção de começar a pagar só 36 meses após a aquisição do crédito.   

Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste oferece uma linha de financiamento direcionado para projetos de mini e microgeração de energia solar. O programa FNE Sol está disposição para atender produtores rurais, empresas, associações e cooperativas e dos estados do nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo. O prazo de pagamento é de até 120 meses após a obtenção do financiamento. 

Com tantos motivos para investir em energia solar no agronegócio, é essencial que você escolha a empresa certa para executar o serviço. A Terra & Sol se coloca a disposição para atendê-lo. Entre em contato com os consultores e conheça nossa empresa.