fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
Inversores fotovoltaicos: tudo o que você precisa saber - Terra & Sol Energias Sustentáveis

Blog

18 de outubro de 2018

Inversores fotovoltaicos: tudo o que você precisa saber

Os sistemas de energia solar, compostos por placas solares, inversores solares e outros componentes, vem ganhando cada vez mais espaço nos telhados de residências e indústrias, além das fazendas e usinas em que placas solares são responsáveis por fornecer energia para cidades inteiras.

 

A motivação está na redução considerável na conta de luz e nos benefícios para a natureza com a diminuição da poluição. Assim, essa passa a ser uma alternativa para a geração de energia limpa e sustentável, que está em alto ritmo de crescimento desde que ganhou a aceitação do mercado. Consequentemente, seus custos caíram e eles ficaram mais acessíveis.

 

Como vimos, os sistema de energia solar tem entre seus componentes os inversores fotovoltaicos. Eles são vistos por diferentes especialistas como o coração ou o cérebro do sistema, pois é fundamental para o funcionamento dele.

 

Mas, tecnicamente o que são os inversores fotovoltaicos? Continue a leitura e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse componente dos sistemas de energia solar fotovoltaica.

Como funcionam os inversores solares?

De maneira resumida, os inversores solares são os aparelhos responsáveis por converter a energia gerada pelas placas em energia que poderá ser utilizada em diferentes equipamentos.

 

As placas solares geram corrente contínua (CC) e a maioria dos eletrodomésticos, motores e lâmpadas funcionam com corrente alternada (CA), dessa maneira, os inversores fotovoltaicos são os responsáveis pela conversão de CC para CA.

 

Em nossas casas e empresas usamos a corrente alternada, que é a mesma gerada pelas concessionárias responsáveis pelo sistema elétrico. Com os sistemas de placas solares, você passa a gerar a sua própria energia e ainda pode repassar a “sobra” para a concessionária, recebendo por ela.

 

A segurança do sistema solar também está ligada aos inversores fotovoltaicos, pois, na maioria dos equipamentos disponíveis no mercado, existe um sistema de monitoramento integrado. A partir desse sistema, o consumidor tem acesso a informações como o desempenho, retorno financeiro, indicadores de sustentabilidade etc.

 

O inversor solar é uma “caixa” com alguns botões por fora, e dentro ele possui componentes complexos e essenciais para seu funcionamento, em especial para que aconteça o processo de inversão de CC em CA. Uma CC alimenta a saída do inversor, que conta com interruptores que são semicondutores e tornam o processo de transformação energética possível.

Quais são os tipos de inversores fotovoltaicos?

Inversor Solar grid-tie ou on-grid

Como o próprio nome já diz, os inversores fotovoltaicos grid-tie são aqueles conectados ao sistema. Mais utilizadas em equipamentos sem baterias, eles são projetados para se desligar da rede elétrica convencional caso tenha queda de energia.

Inversor Solar off-grid

Já o inversor off-grid é desconectado da rede e funcionam sem a necessidade de estarem ligados à rede elétrica. Neste caso, as baterias são um apoio e os sistemas são instalados em regiões isoladas do acesso à eletricidade de um modo geral.

Inversor Híbrido

O inversor híbrido é a união dos dois sistemas anteriores, ou seja, a junção de um sistema conectado à rede com outro que é desconectado. Assim, se há energia na rede, ele usa ela, mas quando há quedas de energia, ele utiliza a carga do banco de baterias.

Inversor Solar String

Em um único painel, o inversor string tem a capacidade de conectar módulos fotovoltaicos, indo de apenas uma linha até mais de duas independentes, tudo no mesmo inversor.

Micro-inversor solar

Desenvolvido para sistemas menos com uma ou um par de placas solares. Ele converte a energia e é fixado no próprio painel, podendo trabalhar independentemente. Dessa forma, os painéis podem ser instalados nos telhados de acordo com a inclinação e onde realmente haverá incidência solar.

Inversor solar central

Diferentemente do micro-inversor, o inversor solar central é desenvolvido para grandes construções, como indústrias, edifícios e usinas solares. Tem o mesmo objetivo do inversor string, porém em tamanho maior.

Onde o inversor solar deve ser instalado?

Não tem uma regra geral, pois cada local deve ser analisado por um especialista de acordo com a finalidade do aparelho. Nas casas, por exemplo, podem ser instalados perto das placas solares ou do quadro de luz. Também em áreas menos visíveis como a garagem e área de serviço.

O mais importante é escolher um lugar ventilado, longe da luz solar e do calor, além de protegido da água da chuva. É sempre bom ver as instruções do fornecedor antes de instalar os inversores solares, seja em casa, seja na indústria.

 

Agora que você sabe tudo sobre os inversores fotovoltaicos, que tal descobrir se sua empresa está pronta para investir em energia solar!