fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
5 motivos para instalar um sistema fotovoltaico em casa - Terra & Sol Energias Sustentáveis

Blog

23 de fevereiro de 2018

5 motivos para instalar um sistema fotovoltaico em casa

Segundo a Agência Internacional de Energia, a energia solar é a fonte que mais cresce no mundo.  Os dados mostram, que nos últimos anos, essa alternativa sustentável estabeleceu recordes em números de instalações. Qualquer pessoa pode investir nessa tecnologia, existem instalações de sistema fotovoltaico em casa, empresa, indústria, agronegócio e estacionamento. 

Por meio da instalação de placas solares fotovoltaicas, você pode começar a produzir sua própria energia elétrica e economizar até 95% nas contas de luz. Preparamos este post para mostrar 5 motivos para investir em um sistema fotovoltaico em casa. Vamos conferir?

1. Necessidade de gerar energia limpa

Diante do cenário alarmante em que se encontra o meio ambiente, com ameça do efeito estufa, extinção de animais, desmatamentos e aquecimento global, a população mundial precisa adotar medidas de geração de energia alternativas para suprir as necessidades de consumo.

Não é atoa que reuniões internacionais tem sido feitas para discutir a situação do planeta. O Protocolo de Kyoto, por exemplo, foi realizado com intuito de diminuir a emissão de carbono na atmosfera, buscando aumentar o percentual de geração de energia limpa e renovável.  Aqueles que investem na instalação de um sistema fotovoltaico em casa, estão colaborando para a preservação do meio ambiente. 

2. Pontencial brasileiro

O Brasil possui uma grande incidência de raios solares, o que permite que o sistema solar fotovoltaico funcione mesmo em dias nublados e com chuva. O importante no sistema não é a temperatura em si, mas sim a quantidade luminosidade.

Como o Brasil tem um alto potencial em irradiação em seu território, a utilização de painéis fotovoltaicos pode funcionar em qualquer local.  O que aumenta a chance de ter sucesso na instalação de um sistema fotovoltaico em casa.

3. Alto preço das contas de luz

O preço da energia elétrica no Brasil é um dos mais altos do mundo. Mesmo com uma participação significativa na geração de hidroelétricas, os custos de transmissão e distribuição de energia pelas concessionárias ou cooperativas são altos. Ainda, existe uma grande carga tributária (impostos) sobre as contas de luz.

Atualmente, as bandeiras tarifárias são branca, verde, amarela e vermelha, que variam de acordo com o com horários de pico e com as condições dos reservatórios das hidrelétricas. Diante da crise energética que o Brasil enfrenta, esses valores tem oscilado bastante. Em novembro de 2017, por exemplo, o consumidor chegou a pagar R$ 5 a cada 100 kWh usados.

Com a instalação de um sistema fotovoltaico em casa, você passa a produzir sua própria energia elétrica aproveitando a luz solar. Com o sistema on-grid (grid-tie), o consumidor consegue ter até 95% de desconto no valor da conta de luz pagando apenas a taxa miníma para a distribuidora de energia.  

Caso você não use toda energia produzida pelo sistema, na categoria on-grid o excedente é injetado na rede elétrica em forma de créditos que podem ser utilizados em até 60 meses.

4. Redução no custo da instalação

Há mais de seis décadas, instalar um sistema fotovoltaico em casa era praticamente impossível, pois o preço era muito elevado. A primeira indústria a investir foi a espacial, que construiu o satélite Vanguard 1 com placas solares.

Desde da década 1970, o preço dos equipamentos vem caindo significativamente. Atualmente, a implantação de geração de energia solar é mais barato que investir na produção de termoelétrica.

Muitos ficam em dúvida entre esperar o preço cair ainda mais ou instalar o sistema fotovoltaico agora. A melhor alternativa é começar a investir hoje, pois quanto mais você esperar, mais dinheiro estará deixando de economizar.

5. Instalação e manutenção rápidas e simples

Os sistemas fotovoltaicos são instalados em média em 5 dias. Normalmente não são feitas grandes intervenções no imóvel e não é necessário o desligamento da energia da casa por longos períodos. A energia do imóvel é desligada em apenas dois momentos da instalação, ambos na fase final.

A manutenção dos sistemas de energia fotovoltaica é muito simples. Por não ter partes móveis ou motores, a manutenção do sistema se concentra, principalmente, na limpeza periódica das placas solares.

Na maioria das vezes as chuvas se encarregam de limpá-los, mas mesmo assim é importante ter certeza que não existem obstruções que podem diminuir a eficiência do sistema.

Agora você já sabe como economizar energia com sistema fotovoltaico em casa, não espere mais. Comece a reduzir  seus custos.

Gostou do post? Que tal conferir no artigo dicas de como economizar energia em casa? Boa leitura!